domingo, 15 de maio de 2011

Café pode proteger mulher de forma agressiva de câncer de mama

O café pode proteger as mulheres de uma forma agressiva de câncer de mama, especialmente se tomadas cinco ou mais xícaras ao dia, de acordo com pesquisa que aparece nesta quarta-feira na publicação "Breast Cancer Research".

As mulheres que bebem bastante café têm possibilidades menores de desenvolver o chamado câncer de mama com receptores de estrogênios negativos, que não respondem a certos fármacos, por isso que a quimioterapia é geralmente a única opção.

Por este estudo, feito por analistas do Instituto Karolinska de Estocolmo, as mulheres que tomam muito café têm possibilidades menores de desenvolver o câncer do que aquelas que bebem pouco.

Os investigadores analisaram os casos de 6.000 mulheres que entraram na menopausa.

Assim, entre as que bebiam cinco xícaras ou mais de café ao dia o risco de desenvolver o câncer de mama se reduzia em 57% comparado com as que tomavam menos de uma xícara cheia.

"Acreditamos que o alto consumo diário de café está associado à significativa redução de câncer de mama com receptores de estrogênios negativos entre as mulheres que entraram na menopausa", assinalam os analistas na citada publicação.

Outros estudos sugeriram que o café reduz o risco de outros cânceres, incluído o de próstata e o de fígado. Os pesquisadores do instituto acreditam que o café pode ter compostos que afetam diferentes tipos de câncer de mama.

Para a diretora de política da organização Breakthrough Breast Cancer, Caitlin Palframan, "o interessante é que esta investigação sugere que o café pode reduzir o risco de câncer de mama (de estrogênios) negativo".

"Mas nem todos os estudos estão de acordo sobre os efeitos de consumir café e, portanto, não encorajaríamos as mulheres a aumentar o consumo de café para protegê-las do câncer de mama".

"O que sabemos é que as mulheres podem reduzir as possibilidades de desenvolver câncer de mama se mantêm bom peso, reduzem o consumo de álcool e fazem atividade física regularmente", acrescentou Palframan.


(fonte: Folha On Line)

terça-feira, 10 de maio de 2011

Instinto Materno!

Lindo...
Verdadeira relação mãe e filhos =)

video

(recebido por email, não sei pra quem seria os créditos)

segunda-feira, 9 de maio de 2011

For the First Time...

Hoje a tarde assisti "Um dia Especial" lindo filme, linda estória... (já tinha assistido antes), mas alguma coisa hoje me emocionou e me refrescou a memória... Trata-se da música tema do filme... que é a mesma do filme do nascimento da minha menina...
Kenny Loggins - For the First Time...
Juro que mesmo tendo todo um sentido pra mim, nunca percebi como a letra é linda e retrata todo o sentimento vivido no momento em que vi a minha filha pela primeira vez.
Então como o dia das mães foi ontem, e ainda estamos em ritmo de emoções... Emocionem-se comigo =)
E desde a primeira vez que há vi, me tornei mãe e uma pessoa melhor!




Esses são seus olhos, aquele é seu sorriso?
Eu estive olhando pra você pra sempre, mas eu nunca vi você antes
Essas são suas mãos segurando as minhas?
Agora eu pergunto como eu pude ter sido tão cego

Pela primeira vez eu estou olhando em seus olhos
Pela primeira vez eu estou vendo quem você é
Eu não consigo acreditar no quanto eu vejo
Quando você está olhando de volta pra mim...
Agora eu compreendo o que é o amor, o que é o amor
Pela primeira vez

Isso pode ser real? Isso pode ser verdade?
Eu sou a pessoa que eu era essa manhã, e você é a mesma?
Isso tudo é tão estranho... como pode ser?
Todo tempo esse amor esteve bem na minha frente

Pela primeira vez eu estou olhando em seus olhos
Pela primeira vez eu estou vendo quem você é
Eu não consigo acreditar no quanto eu vejo
Quando você está olhando de volta pra mim...
Agora eu compreendo o que é o amor, o que é o amor
Pela primeira vez

Por um longo tempo atrás eu tinha desistido de encontrar essa emoção tantas vezes
Mas você está aqui comigo agora
Sim, eu te encontrei de alguma forma
E eu nunca estive tão certo

E pela primeira vez
Eu estou olhando em seus olhos
Pela primeira vez, eu estou vendo quem você é
Eu não consigo acreditar no quanto eu vejo
Quando você está olhando de volta pra mim...

Agora eu compreendo o que é o amor, o que é o amor
Pela primeira vez...
(traução: Vagalume)

Consciência cedo

Consciência cedo

Nova pesquisa descobre que os bebês de sete meses conseguem se colocar no seu lugar

Se você achava que seu filho não conseguia ver o mundo pelo ponto de vista de outra pessoa, esqueça: uma pesquisa publicada na revista Science revela que bebês de sete meses conseguem ver o mundo de uma outra perspectiva.

A nova pesquisa, da especialista em devenvolvimento psicológico Ágnes Kovács, da Faculdade Húngara de Ciências, aponta que os bebês criam empatia por outras pessoas e preveem a reação dos outros em determinadas situações. Esta descoberta ganhou o nome de teoria da mente.

Antes, os cientistas acreditavam que as crianças começavam a ver as situações de uma nova perspectiva apenas aos 4 anos de idade. Em estudos anteriores, as crianças nesta idade conseguiam compreender o que o outro esperava de um acontecimento e transmitir essas informações.

Para provar a teoria, alguns bebês assistiram a um vídeo, no qual uma bola ou completava o percurso ou "sumia" atrás de um retângulo. Em algumas cenas, um personagem participava do vídeo e via o destino final, enquanto em outras o personagem não conhecia a tragetória completa da bola.

Apesar dos bebês conhecerem o caminho que a bola fez, eles demonstraram mais interesse no final daquelas cenas em que o personagem não sabia o destino final da bola, indicando que os pequenos processaram o ponto de vista do personagem, e não apenas o deles mesmo.

Apesar dos resultados, os pesquisadores afirmam que a pesquisa ainda não está completa. A psicóloga Alison Gopnik, da Universidade da California, disse ao portal Nature que os cientistas terão que descobrir que as respostas do bebês não foram influenciadas por outros elementos, como o movimento da bola. Os pesquisadores terão que utilizar uma cena de controle, sem personagens, para entender o que influencia os pequenos com o tempo.

Se os dados iniciais forem confirmados com estudos futuros, a pesquisa indicará que bebês são sensíveis a informações sociais e ao que os outros veem. Mas isso não significa que eles têm a habilidade de compreender o ponto de vista dos outros como as crianças mais velhas.


Fonte: Revista Pais e Filhos

domingo, 8 de maio de 2011

FELIZ DIA DAS MÃES!



Felicidades a todas as mamães, principalmente a minha mãe e a minha irmã querida! Mulheres de garra... mesmo nas dificuldades não perderam a ternura e o amor!

Amo vc´s muito!

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Feliz Páscoa!


Oba feriadão pela frente!
Mas dessa vez não vou encontrar minha família =( Acho que é a primeira vez que passo sem eles... O pior é passar sem a baixinha, ela esta indo viajar com o pai hoje... Mas bola pra frente, não vim aqui choramingar...
Gosto muito da páscoa, pelos motivos católicos claro, mas gosto de poder brincar com a Ana, gosto de saber que ela acredita que o coelhinho veio deixar os ovos em casa... Ela já escolheu os ovos, ja pediu pro coelho! (E claro todo mundo já comprou e eles estão todos la em casa aguardando por ela).
Sei que muita gente reclama, fala de ser uma da data comercial, ok deixa pra sermos chatos quando crescemos, crianças tem que aproveitar essas datas, sendo ou não comerciais, claro que expliquei pra ela o que é, o que significa, mas o lúdico é legal e elas precisam disso pra crescerem felizes e confiantes... Ela ainda esta nesta fase de acreditar... e eu dou corda, fantasio junto com
ela, acho super saudavel...
Mesmo ela não estando em casa na manhã de domingo, vou deixar tudo arrumado pra quando ela chegar, afinal o coelho tem que vir na nossa casa, estando ou não nela.
Hoje ela já começou as brincadeiras, na escola teve a caçada aos ovos, veja mais aqui.

Aproveito para desejar um maravilhoso feriado a todos!
bjs